quinta-feira, 28 de março de 2013

Protected in Paradise - Capítulo 22 - Body Rock


Exibir você, esta noite eu quero exibir você. O que você tem um bilhão não poderiam nunca comprar. Vamos festejar como se fosse 3012 esta noite. Quero lhe mostrar todas as coisas boas da vida. Então, simplesmente esqueça o mundo, seja jovem esta noite. Eu estou vindo pra você, estou vindo pra você.
Candi P.O. V - Para ler esse capítulo no anime clique (aqui
Eu não conseguia acreditar que aquilo tinha acabado de acontecer, foi à experiência mais constrangedora de toda a minha vida. Porra, por que a Stacy e o Justin tinham que fazer toda aquela cena? Caramba eu não sabia aonde enfiar a minha cara, que discussão mais ridícula. E outra coisa, por que o Chaz não podia saber que o Justin e eu estamos juntos? Aliás, por que o Justin não contou pra ele antes? Por que ele ficou tão irritado ao saber disso e por que esse fato o incomoda tanto? E a melhor pergunta de todas, por que o Justin e Stacy se amam tanto?
- Eles são malucos! – Chaz grunhiu do lado de fora do restaurante enquanto esperávamos os dois briguentos saírem de lá. – Sério aquilo foi ridículo!
- A Stacy fala besteira demais e o Justin não gosta disso! – falei com os braços cruzados batendo a ponta do pé direito no chão freneticamente – Mas eles exageraram dessa vez.
- Exageraram? – ele arqueou a sobrancelha e riu debochado – Porra nós fomos expulsos do restaurante, não consigo me lembrar de algum momento mais embaraçoso que esse... – o interrompi.
- Você não tem direito de falar nada! – retruquei fazendo cara feia – Foi você que ficou todo bolado só por que eu e o Justin estamos namorando.
Eu queria ouvir uma explicação, uma palavra, um insulto, qualquer coisa vindo dele, eu só precisava entender o porquê da reação dele, mas ele simplesmente fitou o chão com as mãos no bolso mexendo os lábios de um lado pro outro impacientemente. Aquilo me deu nos nervos, mas o meu orgulho era maior do que a minha vontade de gritar, xingar e protestar o que ele estava fazendo. Eu demorei séculos para conseguir conquistar o Justin e agora o melhor amigo dele acha que tem o direito de ir contra o que ambos sentimos? Mas logo a Stacy apareceu resmungando alguma coisa com olhos furiosos.
- Cadê o Justin? – perguntei confusa.
- Seu namorado idiota? – ela franziu a testa com força – Ele está vindo ai.
- Até que em fim vocês resolveram sair de lá! – exclamou Chaz segurando Stacy pelo braço antes que ela fosse pro carro do Justin – Ei, ei, aonde você pensa que vai?
- Pra casa né, pra onde mais eu iria? – ela o olhava nos olhos.
- Baby! – ele sorriu malicioso pra ela – Esse restaurante de merda não vai nos impedir de nos divertir hoje, vai? – ele a puxou para mais perto dele aproximando seus lábios do rosto dela – Quer dizer, acho que a festa só está começando.
- Opa gatinho, se você diz! – ela roçou seus lábios bem no canto da boca dele – Festa aonde?
- Aonde você quiser gata! – as mãos dele colocavam algumas mexas do cabelo dela pra trás – Vamos no meu carro, esses dois ai ainda vão brigar pra caramba hoje! – ele olhou rapidamente pra mim e eu revirei os olhos.
- Então prima? – ela me encarou sem tirar as mãos da cintura dele – Fire All Night?
- Tô dentro! – pisquei pra ela sem conseguir sorrir, depois de um jantar totalmente fail tudo que eu precisava era de uma noite divertida, dançante e com muita muita bebida – Pode ir na frente, vou esperar o Justin, não acredito que ele tá discutindo até agora com o gerente!
- Na verdade ele estava pedindo desculpas! – ela disse já caminhando até o Civic cinza de Chaz – Nos encontramos lá.
Acenei pra ela e os vi sair dali em alta velocidade, já percebi que o Chaz dirige igual ao Justin, nossa, é Deus mesmo que protege esses meninos sem juízo. Já estava ficando preocupada com a demora do Justin então resolvi ir atrás dele, quando estava quase entrando no restaurante ele apareceu. Seus olhos estavam distantes e tristes, eu só queria abraçar ele e pedir pra ele sorrir, mas eu estava muito grilada por causa do vexame que ele e a Candice deram e mais ainda por ele não ter contado pro Chaz que estamos juntos. Eu sinto como se ele sentisse vergonha disso, por que poxa, nem pro melhor amigo dele ele contou, e além do mais o Chaz já deixou bem claro que não apoia isso, e se ele não apoia deve ser por que no mínimo ele me acha uma pirralha, infantil, boba, criança e todos os adjetivos constrangedores que uma garota como eu poderia receber. Até o Justin pensava isso de mim, aliás, ele ainda pensa, ele só tenta esquecer-se disso todas ás vezes que ele me olha.
- Amor você ficou ai sozinha? – ele falou preocupado ao notar que estava apenas eu ali na portaria.
- Aham! – gaguejei me encostando no carro dele – Caramba, tô com frio!
- Mesmo com esse casaco enorme? – ele se aproximou e me abraçou forte me aquecendo – Vem cá amor...
- Eu tô com raiva de você Jus! – falei com a voz abafada, pois meu rosto estava enterrado em seu peitoral.
- Eu sei. – ele beijou o topo da minha cabeça – E eu sinto muito por isso.
- Por que você fez aquilo? – levantei a cabeça encarando aqueles olhos cor de mel que se sentiam culpados.
- Candice – ele segurou meu rosto com as suas mãos gélidas – Você não vai entender, não agora, mas um dia, um dia mais próximo do que você imagina tudo vai se esclarecer.
- Tudo o que? – perguntei confusa com suas palavras.
- Tudo que não faz sentido agora! – ele colocou as mãos em minha cintura e beijou minha testa – E quanto a sermos expulsos daqui, é tudo culpa da sua prima! – ele tirou a chave do bolso e destravou as portas – Essa mina é maluca.
- Não fala assim dela! – fiz beicinho – Vocês parecem cão e gato!
- Eu não tenho culpa se ela é doida! – ele abriu a porta pra eu entrar – Se bem que parece que isso é de família né!
- Idiota! – dei risada me sentando no banco de passageiros, ele fechou a porta e deu a volta no carro, coloquei a minha bolsa carteira no porta-luvas e logo ele se sentou no banco de motorista e ligou a chave de ignição – Vamos pra Fire All Night!
- Fazer o que? – ele deu de ombros como se aquela possibilidade já estivesse completamente descartada – Nem pensar Candice!
- Se você não for quando eu chegar lá casa vou pedir pro meu motorista me levar! – liguei o ar condicionado no quente pra aquecer mais o carro, eu estava morrendo de frio – Você é quem sabe Bieber!
- Porra Candice! – ele resmungou esmurrando o volante – As coisas não são só como você quer!
- Como eu disse, é você quem sabe!
- Como se você tivesse me dado outra opção né! – ele deu de ombros fungando de raiva – Mas se você quer se divertir em uma boate cheia de vadias e veados então vamos lá, vai ser ótimo não é!
- Você sabe que eu gosto de sair pra dançar! – me defendi – E eu também não tenho culpa se você fez questão de arruinar o jantar romântico, como você disse.
- Candi essa boate é proibida para menores de dezoito anos! – retrucou tentando me convencer – Eu já fui lá algumas vezes, não é lugar pra você!
- Desde quando? – perguntei sarcástica – Qualquer lugar que tenha música é lugar para Candice Mackenzie, e mais tarde eu te apresento a minha amiga chamada ‘ identidade falsa’.
- Isso é ilegal! – ele quase gritou.
- Nossa não me diga! – falei irônica – Sabe, o que a Stacy disse é verdade, ás vezes você é muito careta! Pelo amor de Deus, quem se importa que isso seja ilegal? Nós vamos a uma balada dançar, se divertir, beber e se rebelar, o que tem demais nisso? Somos jovens, é totalmente normal.
- Tá certo! – ele estava com os olhos presos no trânsito falando no seu tom mais debochado – Certíssimo! – deu ênfase ao puxar uma marcha.
Revirei os olhos com as palavras dele, eu só queria contestar a opinião dele, aquilo me irritava, a forma como ele pensava em relação a minha idade, as minhas atitudes, aos meus gostos, será mesmo que duas pessoas tão diferentes como nós possam ficar juntas? Por que eu o amo tanto? Por que eu amo cada detalhe que o completa? Mesmo ele agindo assim, apesar de tudo, por que eu sempre quero estar à altura dele? Continuamos em silêncio até chegar à porta da boate. Abri o vidro da janela e pude notar que havia dezenas de pessoas na porta, algumas prostitutas conversando, outras entrando em carros de alguns homens que provavelmente as levariam para motéis próximos dali, tinham alguns casais se beijando encostados nas paredes, eles praticamente se comiam, cenas completamente imorais tinham também lésbicas e gays, alguns garotos estavam fumando com pés parados em seus skates, o tipo de menino da minha escola.
- Quanta gente! – exclamei assim que o Justin conseguiu encontrar uma vaga no estacionamento, abri o porta luvas para pegar minha bolsa carteira e minha mão acabou esbarrando em alguma coisa dura, puxei-a e junto com uma camisinha de menta, aliás tinham dezenas delas ali, tinha uma arma, tremi ao ver aquilo e rapidamente a soltei colocando de volta no lugar e encarei Justin querendo entender por que ela estava ali, logo me lembrei daquela vez em que ele apontou a arma pro Math, por que ele estava armado? Não fazia sentido pra mim. – Justin pra que isso?
- Isso o que? – ele desligou o som que tocava baixinho algumas músicas do James Taylor desde que saímos do restaurante, maneei com a cabeça indicando a arma dentro do porta luvas que ainda estava aberto e ele franziu o cenho começando a se explicar – É só uma arma, um segurança precisa andar com uma não é?
- Mas você não é mais o meu segurança! – retruquei.
- Segurança nunca é demais Candi, aprenda isso, e além do mais eu só deixei a arma aqui no carro, isso não quer dizer nada, quer? – ele abriu a porta para descer do carro – Eu acho que não! – então ele fechou o porta luvas e saiu.
Balancei a cabeça confusa com os últimos acontecimentos, eu estava irritada. Segurei forte a bolsa em minhas mãos e sai do carro, Justin já estava do meu lado e travou as portas assim que eu sai. Alguns olhares foram direcionados para nós e ele me abraçou pousando sua mão direita em meu ombro e usando a outra para envolver minha cintura, caminhamos para dentro da boate e a sua cara tensa demonstrava o quanto ele odiava estar ali. Mal entramos na boate e já demos de cara com a Stacy em cima de um daqueles ferros de pole dance dançando sensualmente para Chaz que estava quase morrendo de tesão vidrado nos movimentos que ela fazia. Vários homens a desejavam e quase comiam pelo olhar, mas ela só tinha olhos para Chaz que estava quase explodindo de excitação. Escondi meu rosto no peitoral de Justin por alguns segundos sem acreditar que aquela era a minha prima.
- Que foi? – ele segurou meus braços me afastando dele – Até parece que você nunca fez aquilo! – provocou jogando na minha cara as inúmeras vezes em que eu agi como uma vadia, inclusive quando nos conhecemos naquela boate, Denver Pub.
- Nossa como você tá chato! – passei na frente dele caminhando até o balcão desviando das inúmeras pessoas que encontrava pelo caminho, aquele lugar estava lotado – Me dá uma garrafa de tequila, por favor! – pedi ao barman me sentando em uma cadeira grande e cruzando as pernas.
- É pra já! – ele sorriu e se virou para pegar a tequila.
- Candi você não vai beber! – ordenou Justin segurando meu braço com força – Entendeu? Não vai beber porra nenhuma!
- Qual é! – resmunguei – Eu vou beber sim, eu sempre bebi, qual é o problema?
- O problema é que você perde o controle quando bebe!
- E dai? – dei de ombros – É bom perder o controle ás vezes!
- Isso não vai acontecer hoje! – garantiu me olhando sério.
- Aqui está moça! – o barman colocou uma dose de tequila em uma taça e deixou a garrafa ao lado me encarando com um sorriso maroto – Mais alguma coisa?
- Tira essa merda da minha frente e traz um refrigerante pra ela! – Justin pediu autoritário.
- Mas ela pediu a tequila! – ele murmurou confuso.
- E eu vou te colocar atrás das grades se você não tirar essa porra da minha frente! – Justin o encarou com fúria – Essa garota só tem dezessete anos, quer mesmo arrumar encrenca?
- Desculpe, eu já vou pegar o refrigerante! – indagou o barman assustado.
- Para de agir como se fosse o meu pai! – reclamei puxando meu braço dele – Idiota!
- Vem aqui que eu vou te mostrar como eu costumo agir! – ele me puxou pelo braço novamente me fazendo se levantar da cadeira pro meio da multidão que dançava loucamente ao som de Don’t You Worry Child. Eu não fazia ideia do que estava acontecendo.
- O que você está fazendo? – grunhi tentando me soltar dele, meu braço estava machucando.
Ele não respondeu, apenas sorriu e me puxou para junto dele me agarrando pelo quadril. Eu queria protestar aquilo, queria gritar com ele e sair dali para beber a minha tequila em paz. Porém o modo como ele pressionava seu corpo contra o meu estava me deixando arrepiada, ele estava roçando sem membro em minha intimidade me deixando completamente excitada, coloquei minhas mãos em seu abdômen de tanquinho e fechei os olhos apoiando minha cabeça em seu ombro enquanto ele se mexia no ritmo da música, porra aqueles movimentos me deixavam com uma puta vontade de foder com ele. Me virei de costa e ele envolveu minha cintura, as luzes que piscavam freneticamente me deixavam meio zonza e olha que eu não tinha bebido nem um gole de Álcool. Soltei uma risada maliciosa assim que senti sua língua em meu pescoço, suas mãos passaram pelos meus braços delicadamente causando arrepios onde elas eram tocadas, ele foi descendo lentamente e cruelmente até chegar a minha cintura aonde parou e pressionou contra seu membro com força começando a mexer o meu quadril de um lado pro outro me fazendo rebolar naquele local. Era uma das melhores sensações e eu me esquecia totalmente de onde estávamos.
Me virei de volta pra ele assim que outra música começou a tocar, notei que algumas gotas de suor estavam escorrendo por sua testa em baixo de alguns fios de seus cabelos loiros que em poucas vezes, não estavam em um topete. Coloquei minhas mãos em volta de seu pescoço e ele apertou forte a minha cintura, abaixou uma de suas mãos um pouco mais apertando levemente o meu bumbum, isso me fez esquivar para mais perto dele, se é que isso era possível, gemi baixo em seu ouvido e mordi os lábios, logo sua língua estava novamente em meu pescoço aonde ele deu um chupão que me levou aos céus. Esse era definitivamente o meu ponto fraco, aliás, Justin era o meu ponto fraco. Seu jeito sexy, ousado, viciante, sarcástico e ao mesmo tempo, tão responsável e tão protetor. Segurei sua nuca e puxei seu queixo para mim, imediatamente encostei nossos lábios tentando apagar aquele fogo que subia cada vez mais ardente pelas minhas pernas tomando conta de todo o meu corpo. Ele não me deixou tomar as rédeas, logo sua língua quente invadiu a minha boca explorando cada canto dela sem se esquecer de um mísero lugar, ele chupava e mordia minha língua, quando precisamos de ar ele relutou em afastar nossos lábios dando leves mordiscadas no meu lábio inferior, suas mãos apertavam minha bunda com assiduidade, eu estava vendo a hora em que ficaríamos nus e transaríamos ali na frente de todo mundo. A verdade é que eu tinha pedido totalmente a noção do tempo e do espaço deixando transparecer apenas o meu desejo carnal ostentado pelo grande peso do amor que ambos sentíamos um pelo outro. Por que ás vezes os sentimentos falam por si próprios.
- Eu te amo gostosa! – ele sussurrou em meu ouvido e mordeu o lóbulo da minha orelha, senti uma corrente elétrica percorrer meu corpo, minha mão direita segurou sua jaqueta com força, eu tinha perdido o juízo de vez, aliás, o juízo que quase já não existia mais – Minha gostosa! – ele sussurrou mais uma vez, fechei os olhos pressionando os lábios com força, parecia que os meus ovários iam explodir a qualquer momento.
Ele estava começando a tirar o meu casaco ali na frente de todo mundo quando o seu celular começou a vibrar no seu bolso, ele arqueou a sobrancelha e me soltou olhando pra tela para ver quem é que estava ligando àquela hora da noite.
- Vou ter que atender! – ele disse sorridente – É a minha mãe amor!
- Tudo bem, vai lá! – devolvi um sorriso fraco.
- Espera! – ele pegou minha mão me guiando até o balcão no meio da multidão, me sentei na mesma cadeira que estava antes e então ele selou rapidamente nossos lábios e sorriu pra mim – Tá ligando de novo, eu vou atender lá fora, tá muito barulho aqui, eu já volto tá amor?
- Aham, vai logo Jus! – dei um tapinha em seu abdômen.
- Não aceita nada que te derem pra beber, só tome seu refrigerante e me espere ok? Não fale com ninguém também, é sério, falar com estranhos e aceitar coisa dos outros é perigoso amor! – ele selou nossos lábios novamente – Eu volto já.
Assenti com um pequeno sorriso e girei meu corpo ficando totalmente de frente pro balcão. Ergui o braço chamando pelo barman que estava um pouco longe atendendo outra pessoa, ele se virou e ao me ver balançou o dedo indicador mostrando que não iria me dar bebida nenhuma. Funguei e notei a latinha de Coca-Cola na minha frente. Caralho! Eu não queria Coca-Cola, eu queria tequila, queria vodca e queria Uísque. Dei de ombros e passei a língua nos lábios assim que o barman entregou uma garrafa de Jack Daniels nas mãos de um garoto que se sentou ao meu lado. Ele era branquinho e sarado, mas tinha a cabeça virada pra outra direção o que me impedia de ver seu rosto. Fiz beicinho e o barman me olhou com cara de dó, dei a língua pra ele e então o garoto finalmente se virou dando uma risada, ele parou de sorrir no exato momento em que viu quem eu era, como se me conhecesse há anos ou sei lá o que, no fundo eu sabia que o rosto dele não me era estranho, porém eu não sabia da onde o conhecia.
- Candice! – ele exclamou surpreso confirmando a minha desconfiança de que nos conhecíamos – É você? Ai meu Deus!
- Hum... – franzi o cenho confusa – Nós nos conhecemos?
- Fala serio! – ele curvou a cabeça para trás dando uma risada alta e debochada – Você não se lembra? Você me beijou Candi, não se lembra disso? – ele parou de rir quando percebeu que eu realmente não me lembrava – Foi o que eu pensei você não se lembra! – ele fitou o chão e bebeu um gole do uísque, segui seus movimentos com o olhar e então ele me encarou novamente – Você me deixou doido aquele dia.
- Eu realmente não me lembro de você! – falei procurando alguma expressão no rosto dele que me ajudasse a recordar de quando eu o beijei, cara, eu já beijei tantos garotos na minha vida que eu realmente não me lembrava dele, e eu sentia ódio por isso, por que ele é um Deus Grego – Qual o seu nome mesmo?
- Zachary Parker! – ele sorriu largamente – Eu estudava na Jacksonville High School, agora estou na faculdade.
- Ah meu Deus! – disse histérica ao me lembrar dele – Você não é o cara que eu beijei naquela festa na casa da Alice? O Primo dela da Califórnia?
- Quantas garrafas de vodca você já bebeu hoje? – ele deu de ombros com uma risada fraca – Aquele é o meu irmão, o Ethan. Ele só estava passando uns dias aqui, mas já voltou, aliás, ele ficou com o olho roxo por dias, quem foi que bateu nele?
- Ah, o meu segurança! – falei sem querer entrar muito no assunto – Ethan é legal! – disse com sinceridade apesar de que a única coisa que eu sabia sobre ele é que ele beija muito bem e que é primo da Alice – Ele deve ter me achado uma louca.
- Ele só ficou confuso, na verdade nós ficamos zoando ele a semana inteira por causa do soco!
- Sério? – dei risada – Coitado!
- Mas ele me disse que não se arrependeu, disse que o soco valeu a pena! – ele bebeu outro gole – Eu o entendo.
- É mesmo! Vai me dizer quando fiquei com você ou eu vou ter que adivinhar?
Ele riu.
- Você só tinha quinze anos, tinha traído seu namorado com um amigo meu, depois ele ficou amarradão em você e pediu pra eu te mandar um recado que ele queria sair contigo, dai eu fui falar com você e você do nada, simplesmente me beijou e disse que figurinha repetida não completava o seu álbum.
- Ei, eu me lembro disso! – disse histérica – Você andou malhando cara? Você era tão diferente, olha, o tempo foi legal com você, olha só esses músculos!
- Eu era um magrelo! – ele disse rindo – Ai me apresentaram a academia!
- E pelo jeito você vive lá agora! – falei analisando seu corpo sarado – Ótimo trabalho.
- Valeu! – ele riu orgulhoso, homens adoram ouvir isso – Mas e ai, você sumiu, faz tempo que não te vejo em festas e tudo o mais...
- É verdade, me afastei um pouco, nem sei exatamente por que! – menti descaradamente – Mas eu estou sempre em casa, a Alice vai lá direto, aparece lá qualquer dia desses pra gente se divertir!
- Se divertir tipo?
- Tipo. – ele estava perigosamente perto – Bons amigos! – molhei os lábios – Eu estou namorando.
- Entendi! – ele se afastou enchendo de uísque o copo vazio – Parabéns Candice! – ele direcionou o copo até mim com um olhar sexy – Quer?
- Claro! – retribui o olhar pensando que não tinha nada demais naquilo mesmo que eu obviamente estava respondendo ao seu flerte o que talvez indicasse que eu fosse uma vadia que traia o meu namorado o que eu com toda certeza não era. Só uma tapada trairia Justin Bieber.
Peguei o copo das mãos dele e dei um gole gigantesco tomando mais da metade do líquido que desceu quase rasgando minha garganta congelando o meu estômago, tenho que adicionar esse uísque para a lista dos melhores do mundo. Nós estávamos apenas tomando Jack Daniels e trocando olhares, logo começamos a conversar sobre as festas que estão rolando agora, quem está namorando com quem, eu me surpreendia cada vez que ele me contava uma novidade, inclusive conversamos sobre como é a faculdade, ele está fazendo Direito, assim como o Justin, porém ele ainda está no primeiro período, perguntei pra ele se ele não tinha visto o Justin na faculdade alguma vez e ele falou que costuma sair com os universitários do sexto período, mas que nunca tinha visto ninguém com esse nome por lá. Ele também me contou que a Alice está namorando sério agora, fiquei de boca aberta, era a notícia do ano definitivamente. Ele me disse algo sobre um DJ Britânico. É tão a cara dela que chega até ser irônico. Ele pediu outra garrafa de uísque e encheu o copo, eu já estava ficando zonza e no exato momento em que peguei o copo das mãos dele senti alguém segurar meu braço com força me deixando desnorteada.
- O que você está fazendo? – a voz rouca de Justin gritou em meus ouvidos antes que eu pudesse pegar o copo, fechei os olhos com força por alguns segundos, pois o eco de suas palavras ficavam se repetindo várias e várias vezes na minha cabeça – Candi eu perguntei o que você está fazendo!– ele repetiu com a voz mais firme segurando o braço com mais força – RESPONDE PORRA!
- Que foi? – levantei a cabeça para encarar aqueles olhos caramelados cheios de fúria – Eu só estava conversando...
- O que eu disse sobre não falar com estranhos e não aceitar bebida de qualquer pessoa? – disse histérico- Parece que você não escuta porra!
- Se liga Bieber, eu estava conversando com o Zach! – virei à cabeça para o garoto que estava bem atrás de Bieber confuso com a presença dele ali – Eu o conheço desde quando tinha quinze anos! – qual é aquilo era tecnicamente verdade.
- Você está bêbada Candi, bêbada! – grunhiu me puxando de cima da cadeira nenhum pouco delicado – Não posso deixar você cinco minutos sozinha que você apronta!
- O que você pensa que está fazendo cara? – Zach disse alterado se levantando e encarando Justin com raiva.
- Estou levando a minha namorada embora! – Justin respondeu dando ênfase a palavra “minha”, gostei daquilo – Algum problema ou eu vou ter que te denunciar por ter dado bebida para uma menor de idade?
- Eu só dei por que ela pediu! – ele se defendeu agora mais calmo – Se você tivesse mesmo preocupado com isso não teria a deixado sozinha! – Justin o fuzilou com os olhos.
- Eu sei quem você é caralho! Acha que eu não me lembro de você daquela festa na casa do Math? Acho melhor você ficar caladinho antes que eu soque a sua cara!
Ele assentiu voltando ao lugar em que estava antes e eu encostei minha cabeça no peitoral do Justin fechando os olhos e abrindo repetidas vezes, por mais que eu tentasse lutar contra o sono, minhas pálpebras ficavam cada vez mais pesadas e o Álcool estava começando a fazer efeito. Senti os longos e fortes braços de Justin me pegarem no colo tentando de todas as formas tamparem o meu vestido, então ele parou para conversar com alguém, eu sabia que era a Stacy e o Chaz, porém as vozes pareciam apenas ecos no meu ouvido, fechei os olhos e então apaguei.
CONTINUA *o* COMENTEM hahha nesse feriado eu vou ficar em casa de boa na lagoa sem fazer nada então se vocês comentarem logo posso postar mais  rápido hihi venham conversar comigo (AQUI) adoro falar com vocês haha a opinião de vcs me ajudam pra caramba sabia? kk obrigada por tudo e ah, quem fica me pedindo o trailer , o link (AQUI

109 comentários:

  1. Respostas
    1. FUI A PRIMEIRA PELA PRIMEIRA VEZ \O/

      BEIJO DRICKA ♥
      :D

      Excluir
    2. That should be me lgkdlgkslg scrr, parabéeens, espero ser a primeira um dia

      Excluir
  2. Primeira ? Nem li mais sei que vai estar perfeito como sempre hehe

    ResponderExcluir
  3. *u* continuuuuuuuuua Adrya Rocha aqi

    ResponderExcluir
  4. Ta mt perfeito Dricka!!! Continuaaaaa logoo

    ResponderExcluir
  5. Coooontinua, que perfeito :D

    ResponderExcluir
  6. Respostas
    1. Nao, setima :(
      MAS CONTINUA DRICKA A A A SERIO SUA IB EH A MAIS PERFEITA DE TODAS, CARA!

      Excluir
    2. Nunca sou a primeira

      Excluir
  7. Muuuuito perfeito, continuaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  8. Muuuuuuuuuuuuuuito perfeito cara , continua <3

    ResponderExcluir
  9. @carterfromtexas, continuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuua <3

    ResponderExcluir
  10. CONTINUA DRICKA SUA PERFEITA <3
    @whodrauhls (dééé)

    ResponderExcluir
  11. Cooooooontiiiiiinua @suvacodoaustin

    ResponderExcluir
  12. Veyy continua logo! Eu amooooooooooooooooooo suas ibs cara sao perfeitas! *0* bjsssss

    ResponderExcluir
  13. Continuaaaaa! Está MUIIITO bom! <3

    ResponderExcluir
  14. Eiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiita , Justin ficou super bravo com a Candi u_u KKKKKKKK ', perfeito amo , continua logo (:

    ResponderExcluir
  15. Tá legal pra caramba!
    ô dricka vc já leu a ib?to esperando tua opniaão...

    ResponderExcluir
  16. ahhhhhhhhhhhhhhh posta logo o cap.23 ! continuaa amei! juro eu que eu fiquei tonta lendo aquilo eu acho que é pq eu acabei de acordar ou pq eu realmente entrei na história porisso eu to totalmente zonza no momento nem sei como eu to conseguindo escrever mass tá posta logo o outro vê se não demora dona Drika !

    ResponderExcluir
  17. Cooontinuuuaaaa ! Porq nao postou ontem ???

    ResponderExcluir
  18. c o n t i n u a pleaseee!!! P E R F E I T O!!!! ai meu corassaum quer me deixar louca de curiosidade pelo próximo capítulo né dricka?
    @kingofswag

    ResponderExcluir
  19. continuaa kkk esta perfeito,esta candice viu só apronta ksks *-*

    ResponderExcluir
  20. COOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOONTINUA MINHA GENTE lary

    ResponderExcluir
  21. Continuaaaaaaaa a a a a AAAAA

    ResponderExcluir
  22. continua continua continua... a Candice outra doida que so faz merda kkkk er a mae dele mesmo? kkk

    ResponderExcluir
  23. pelo amor de Deuuuus continuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuua

    ResponderExcluir
  24. Caaaraaaaacaaaaa... Tá muiito perfeiitoooo
    Posta loogo... <33

    ResponderExcluir
  25. vc é do mal eu vou viajar e vc vai ficar em casa, afsssssssssssssssssss que coco! continuaaaaaa

    ResponderExcluir
  26. Dricka, ta muito perfeita a Fic *-*

    ResponderExcluir
  27. Perfeito!! Candi aprontando , como sempre né !
    Continua sua Linda!

    ResponderExcluir
  28. aaaaaah, continua, por favor ><

    ResponderExcluir
  29. Aaaah TA DEMAAAIS!! Você ta se superando cada vez mais Drika, continua logo pleaseee

    ResponderExcluir
  30. O boi do telefone do Jus tinha que enterromper . arg .... mas continuando muito perfeito .... continua ...

    ResponderExcluir
  31. Pelo amor de deus!!!!! TA MUITO PERFEITAA! continua logooo

    ResponderExcluir
  32. ahhhhh que perfeição drickaaaaa!!!!
    bjsss
    @BlessJustin

    ResponderExcluir
  33. continuaaaa ta perfeito demais diva :3

    ResponderExcluir
  34. Cara continua!! Eu tô amandoooo!!
    By: Lorena

    ResponderExcluir
  35. perfeito, socorro posta logo sadjfdijf
    @lavieber

    ResponderExcluir
  36. Continua , to adorando e nossa serio que ela vai ficar gravida ? omb kkkk adorei ta perfeito
    BY: Gabriela

    ResponderExcluir
  37. Amei o novo visual da fanfic ficou DEZ!! Desculpa não ter comentado nos outros cap, mas eu vou comentar agora!! Tá perfeito vc é muito criativa!!Vc tem ideias como ninguem!! Vc é DEZ Drika!

    By: Jack

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh eu vi o trailer!! Gente, não creio que ela vai ficar gravida, e vai tentar se matar!! Serio isso??

      By: Jack

      Excluir
  38. perfeitooo amoooooore faz dois hoje please ontem vc nao posto :'(

    ResponderExcluir
  39. PERFEITOOOO DRICKAAA!! mas esse foi pequeno :(:(! POSTA OUTROO HJJ PFPFPFPFPF

    ResponderExcluir
  40. Continuaa Drickaaa!! Ta perfeito como semo=preee!!!! <3

    ResponderExcluir
  41. Essa Candice não toma jeito mesmo... ADOREI O NOVO ESTILO DO BLOG... Você é d+ Dricka, continua!!!

    ResponderExcluir
  42. aiiiii Drickaaaaaaaaaaaaaaaaa eu tambem vou ficar em casa!!! u.u perfitaaaa a ib!!vc é d++++

    ResponderExcluir
  43. As vezes eu fico com raiva dessa Candi :@ ele e tão maluca e irritante , só vive fazendo merda oushi kkkkkk ' mais ou mesmo tempo gosto dele , porq é rebelde e não deixa ninguém montar encima dela , Adoreeei continuuuuuua :D

    ResponderExcluir
  44. scrr kkkkkkkkkkkkkk continua plzz drika!!!! curiosidade 100% -@ShawtyLove

    ResponderExcluir
  45. Pelo amoour de deeus Dricka *o*
    Isso tá meega, mega, mega perfeito =D
    Continuua, heere *u*

    ResponderExcluir
  46. como assim ? continua amore ta perfeito simplesmente perfeito bjus @aninha_leao21 !!!

    ResponderExcluir
  47. Adorei o novo estilo do blog drika bjuuuus

    ResponderExcluir
  48. posta ainda hj pfvr ??? curiosidade a mil leitora nova

    ResponderExcluir
  49. continua agoraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  50. meeeu Deeeus que perfeeeitoo, contiinua logo viiu ahhaha

    ResponderExcluir
  51. Continuaaaa
    @alguem_no_tt

    ResponderExcluir
  52. scrr cm smp pfto, n sei nem mais oq comentar. Ameeeei o novo desing tchau e posta logo

    ResponderExcluir
  53. continuaaaaaaaa.. ta mtmtmt bom *o* kkk oopsjustin aqi.. Justin um porre nesse cap mas blz

    ResponderExcluir
  54. eeeeeeeeeeeita , Candi como sempre aprontando ! Será que a candi vai descobrir logo sobre tudo ???? awwwwwwn CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  55. aaaaaaah, que perfeito,continua logo kra *-*

    ResponderExcluir
  56. g-zuis continua logo .-. plmdds!!!!!!! ta perfeito !!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  57. posta logo, meu amor!

    ResponderExcluir
  58. amei, amei e amei Candi num para de aprontar née haha' continua logo sua linda!!!

    ResponderExcluir
  59. continuaaaaaaaaaaaa, ui

    ResponderExcluir
  60. Continuaaa Drickaaa plmdds, eu preciso de outro hjj

    ResponderExcluir
  61. Perfeitoooo , continua logoo . bEIJOOOS <3
    bY : Maria Laura

    ResponderExcluir
  62. Putz, a irresponsabilidade dela tá irritando já... Vamos combinar que o Jus tbm é um pouquinho careta, mas né...
    Não que eu esteja reclamando viu? Eu gosto kk' Vai entender
    Perfeitoo
    Continua

    ResponderExcluir
  63. AMEIIII ~e tem como não amar~continuaaaa drickaa :))

    ResponderExcluir
  64. Sua fic émt boa, continua!!

    ResponderExcluir
  65. TIPO ASSIM, SUA IB EH A MELHOR, CONTINUA LOGO DRICKA SUA LINDA PERFEITA DIVA DEUSA KKKKKK E QUERO MORRER COM QUEM NAO COMENTA, AFZAO

    ResponderExcluir
  66. DSJKFSDZBFFPZIJLDBFSDXKKFJHKZXHFDJSEKDHRJZFKHEASKRJDFX MUITO PERFEITO SOCORRO CONTINUAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  67. Ãsjhsyhsyhas que perfeição *-----* cara que iludivel kkkkk

    @liv3drew

    ResponderExcluir
  68. continuaa omg perfeito

    ResponderExcluir
  69. Ta perfeitooooo continua essa perfeição sua gataaa te amoo

    ResponderExcluir
  70. ta perfeito eu amo sua ib é a melhor que eu já li
    divulga >>>> http://xuxu-do-biieber.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  71. Coooooontinua caraleo

    ResponderExcluir
  72. Continua !!!! Disponibiliza o trailer para celular !!!!

    ResponderExcluir
  73. Leitora Nova ^^
    Necessito do Próximo Capitulo, Continua :))

    ResponderExcluir
  74. AAAAAAAAAAAAAH MDS SCRR QUE CAP FODASTICO SCRR AAAAAAAAAAAH, vc curte don't you worry child??? aaaah essa msc é perfeitaa

    ResponderExcluir
  75. Cara essa história está muito perfeita parabéns! By :Gabi Seixas

    ResponderExcluir
  76. Cara essa história está muito perfeita parabéns! By :Gabi Seixas

    ResponderExcluir

Adoraria saber o que você achou do capítulo. :)